Ensaios Fotográficos Guabiruba, SC

Débora e Tamara

Era um sábado à tarde, dezembro de 2020, fazia muito calor e a previsão indicava aquelas chuvas de verão de final de tarde e mesmo assim encaramos o clima que a mãe natureza nos reservou para aquela ocasião.
Há um amor, uma luz e uma conexão inexplicável nelas! Elas são duas, mas parecem ser um só ser! Elas são primas e amigas, melhores amigas! Débora e Tamara!
O cenário foi o pasto e a casa da vó da Débora, lugar cheio de histórias e memórias familiares. Lugares com memórias afetivas tem sempre uma energia diferenciada e especial!
O vento chegou, de forma natural e intensa (assim como elas são), trazendo com ele a chuva. Ali, expostos à mãe natureza, nos perdemos no tempo e nos encontramos com energias e sentimentos que transmitiam paz, única e exclusivamente paz! Uma paz que nos fazia sorrir levemente! Uma paz que abraçava forte e aquecia nossos corações!
Do pasto, onde tantas lembranças da infância foram recordadas e revividas, passamos a momentos de pouquíssima conversa e muito carinho na varanda da casa da vó.
Varanda de casa de vó sempre tem algo gostoso para se relembrar, não é?
Entre um gole de vinho e outro, o som que predominava era o da chuva que caia torrencialmente, mas o que realmente “ouvíamos” eram os olhares, os sorrisos e os toques leves de carinho da Débora para com a Tamara e da Tamara para com a Débora.
Palavras não foram ditas, mas ali vimos e ouvimos todas as expressões de amor, carinho, respeito e admiração possíveis!
Da varanda da casa da vó, passamos para o sótão do vô e foi ali, sob a luz de uma pequena janela e duas velas que vivemos e presenciamos o verdadeiro sentido da palavra intimidade e admiração!
De pés descalços, uma trilha sonora que envolvia corpo, alma e coração, elas se entregaram àquele momento como se não houvesse amanhã e eram só elas, Débora e Tamara, Tamara e Débora, e ninguém mais!
Discretamente ficamos ali, sem interferir em nada, apenas sentindo e fotografando, sem se importar com poses perfeitas.
Para nós, foi ali, naquele momento puro, intenso e verdadeiro que vivemos e vimos uma das sessões fotográficas mais lindas e expressivas de nossas vidas. Não tínhamos grandes cenários, superproduções e expectativas, não era preciso.
Tínhamos “apenas” duas pessoas se entregando da maneira mais natural possível, vivendo e expressando toda luz, amor e energia, que naquele momento já não era só delas...naquele momento nós já estávamos completamente envolvidos e tomados pelo que elas proporcionavam aos nossos olhos e corações!
Débora e Tamara, vocês são incríveis! Que possamos continuar tendo tantas outras experiências incríveis vividas e registradas com vocês!
Obrigado por serem tão expressivas em nossas vidas e nos tornarem pessoas melhores!