Casamentos Chácara Duas Lagoas, Aymoré, Guabiruba, SC

Casamento Cintia e Ednei

Vamos tentar ser breves ao descrever este dia tão especial e aguardado pela Cintia e o Ednei. Foram meses de convivência com o casal, por diversas oportunidades nos encontramos antes do casamento. Casamento Civil, depois veio a gravidez do Enzo, Pré-Casamento, algumas reuniões e muita conversa boa e uma amizade sendo construída ali.
Cintia e Ednei, é difícil colocar em palavras tudo que sentimos e vivemos com este casal no dia do casamento e do batizado do pequeno Enzo Gabriel.
Eles foram tão caprichosos, planejaram com tanto carinho e antecedência todos os mínimos detalhes o dia do sim, perante Deus, e o dia que batizaram o pequeno Enzo.
Trouxeram até a daminha lá do Mato Grosso! É, eles são realmente muito queridos, fizeram pessoas de tão longe estar presente neste dia!
Quem roubou toda a cena na cerimônia foi o Enzo, sempre sorridente e prestando atenção em tudo. As trocas de olhares com o padre e sua gargalhada gostosa fizeram do batizado um momento ainda mais especial.
E quem diria que até dançariam a valsa? Pois é, dançaram! Dançaram e foi lindo, do jeitinho de deles. Como dizia a música, o santo de vocês realmente bateu!
Estar com a Cintia desde cedo no salão de beleza, estar bem cedinho na porta da igreja aguardando o Ednei chegar com o Enzo, presenciar a chegada dos pais e padrinhos, descontrair depois da cerimônia, lamber a faca do bolo, comer docinhos e grudá-los nos dentes. Eles são únicos e topam qualquer bagunça!
Cintia, Ednei e Enzo, o dia de vocês foi lindo! Obrigado por nos permitirem viver este dia e compartilhar das mesmas emoções!

Nós só não poderíamos terminar este casamento sem mencionar o nosso amigo Pedro, pai da Cintia. Ele estava doente e Deus lhe permitiu levar a sua filha caçula ao altar e ver seu neto Enzo ser batizado.
Horas após o casamento, o Pedro, foi levado ao hospital e uma semana depois ele entrava na mesma igreja, mas desta vez quem o levou ao altar foi a sua filha Cintia. O Pedro faleceu uma semana após o casamento.
Nós, como os profissionais contratados para registrar e eternizar aquele dia, nos vimos perdidos e emocionados diversas vezes. Quantas lágrimas caíram sobre o computador ao vermos o Pedro feliz pela última vez!

A fotografia realmente é uma arte e ela deve ser tratada com carinho, amor, admiração e muito respeito! O que nós faríamos de diferente se soubéssemos que aquele seria o último contato de um pai e uma filha? Nada, absolutamente nada! Porque toda vez que saímos de casa, na confiança de alguma família ou empresa, nós saímos com o intuito de dar o nosso melhor e sermos melhores a cada dia e eternizar o máximo de momentos possíveis!